Palavras de gratidão



Palavras de gratidão, geram gratidão.

O início do ano é uma excelente ocasião para se libertar da visão materialista, que considera o ser humano como simples corpo carnal, e consolidar a visão transcendental que vê o ser humano como existência espiritual.


No Ano-Novo, muitas pessoas purificam o corpo e vão orar nos templos. Tem aumentado também o número de pessoas que escalam uma montanha durante a madrugada do primeiro dia do ano para chegar ao topo antes do amanhecer e orar diante das primeiras luzes do Sol. Elas setem, ali, a presença de algo maravilhoso e ao mesmo tempo misterioso, que transcende o mundo material.


Quanto a purificação do corpo, as pessoas, ao se banhar no Ano-Novo, não visam apenas assear-se e relaxar os músculos. O propósito é purificar-se física e mentalmente. Fato é que, no início do ano, as pessoas procuram, consciente e inconscientemente, desenvolver mais a espiritualidade. Até mesmo pessoas que não possuem fé religiosa tomam consciência de algo espiritual.


Seria bom que as pessoas não se limitassem a sentir esse desejo sincero da alma apenas no início do novo ano. É preciso que todos se esforcem para continuar vivendo sempre com essa postura mental verdadeira. Assim, todos poderão viver com alegria, sem proferir maledicências nem brigar com os outros. Não haverá pessoas mesquinhas que riem das infelicidades alheias.


(...) Para que as palavras exerçam o seu poder, não basta proferi-las apenas uma vez. É importante a repetição. Se você quer que sua vida seja feliz, repita várias vezes, todos os dias, a afirmação: "Estou contente, sou uma pessoa feliz". Assim, com certeza você conquistará uma vida feliz.


(...) Sejamos pródigos em proferir palavras alegres e positivas de felicitação e gratidão. Se você é casado(a), dirija ao seu cônjuge, a cada fim do dia, palavras de sincero agradecimento; se tem filho(s) diga-lhe(s) "Obrigado" muitas vezes. Expresse sua gratidão ao cônjuge e aos filhos com palavras tais como: "Só pelo fato de vocês existirem, sinto-me feliz. Sou uma pessoa afortunada".



Trechos extraídos do livro: Passaporte para a felicidade.

Escrito por Seicho Taniguchi.



Foto:

https://www.pexels.com/pt-br/@shvetsa


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ser Pai